Início » Pele Ressecada – 5 Principais Causas e Como Tratar

Pele Ressecada – 5 Principais Causas e Como Tratar

A pele ressecada é uma condição bem comum e pode ocorrer com qualquer pessoa, inclusive em pele oleosa. Saiba os motivos e como tratar.

A princípio, vamos deixar claro que pele ressecada é diferente de pele seca. A pele seca é uma característica natural, ou seja, algumas pessoas nascem assim.

Por outro lado, a pele ressecada ou desidratada é uma condição que pode ser momentânea, promovida por falta de cuidados ou outros fatores.

Sendo assim, se você tem pele oleosa, mista ou normal e vem sentido que a mesma se encontra com ressecamento, vale a pena saber quais são as possíveis causas.

Na maioria das vezes é possível reverter o processo e as soluções são bem simples.

O resultado também aparece de forma bem rápida e satisfatória, mas isso se não houver uma causa mais grave como é o caso da dermatite. As dermatites costumam provocar ressecamento extremo ao ponto de promover lesões que podem durar dias!

Nesses casos o ideal é ficar tratando em caso. Um dermatologista deve ser consultado a fim de definir o melhor tratamento.

A seguir vou te apresentar as possíveis causas e, em seguida, você verá dicas de como tratar a pele ressecada.

Conhecendo As Causas Da pele Ressecada

Causas de pele ressecada
  • Banho quente: O banho quente é uma das principais causas do ressecamento na pele, principalmente nas mistas e oleosas.

A temperatura elevada da água remove toda a gordura produzida, o que deixa a derma desprotegida e ressecada. A situação fica pior quando usamos sabonetes comuns e mais de uma vez ao dia.

Em dias quentes, vale evitar tomar banhos muito quentes e em dias frios, até podemos tomar, mas por no máximo 5 minutos. Usar sabonete hidratante 1 vez ao dia.

  • Temperatura local: o inverno é a estação que mais resseca nossa pele, tendo vista que quando a temperatura ambiental cai, a pele desidrata.

No entanto, isso também pode ocorrer durante o verão, já que as glândulas sebáceas produzem menos óleo.

A dica para os dois casos é caprichar na hidratação, então, providencie um creme hidratante apropriado para o seu tipo de pele e use 3 vezes ao dia.

Vale ressaltar que quando a condição é grave, os hidratantes comuns não resolvem. A solução é apostar em produtos ricos em uréia, ácido salicílico, glicerina, etc. Geralmente os super hidratantes não têm fragrância.

  • Beber pouca água: a quantidade de água que bebemos diariamente é muito importante para manter a hidratação da pele. O recomendado é ingerir no mínimo 2 litros por dia.

Quando isso não acontece é possível que a pele sofra danos, dentre eles o ressecamento.

  • Natação: natação e hidroginástica são dois exercícios maravilhosos, mas também podem acabar com a hidratação natural da pele.

O que causa isso é o cloro presente na água e podemos sentir a pele mais seca assim que saímos da piscina.

  • Roupas sintéticas: por fim, o uso de roupas com tecido sintético também podem ressecar  a pele.

Portanto, procure evitar roupas fabricadas em elastano e poliéster, pois impedem que nosso corpo transpire como é necessário.

Como Tratar?

Tratar a pele ressecada não é uma tarefa difícil, mas exige foco e uso dos produtos adequados, nesse caso, hidratantes.

Tenha o cuidado de selecionar cremes com substâncias hidratantes, pois alguns apenas nutrem, ou seja, depositam óleos na pele. O melhor é optar por marcas reconhecidas. Confira aqui algumas opções confiáveis.

A hidratação precisa ser realizada diariamente e pelo menos 3 vezes: pela manhã, tarde e noite.

Por fim, volto a recomendar que evite água muito quente e passe a beber muita água. Dessa forma não terá mais que se preocupar com descamação, coceira e opacidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo